Palavras chave

Últimos assuntos
» Modelo de Ficha em Google Docs para etapa de Aprovação
Qui Nov 24, 2016 12:54 am por Narração

» Processo de aprovação de ficha
Qui Nov 17, 2016 1:48 pm por Narração

» Armaduras de Bronze
Qua Nov 16, 2016 1:27 am por Narração

» Armaduras de Prata
Qua Nov 16, 2016 1:17 am por Narração

» Armaduras de Ouro
Qua Nov 16, 2016 12:01 am por Narração

» Cenário: Ambientação de Personagens
Ter Nov 15, 2016 11:42 pm por Narração

» Ficha Parte VI: Cosmos
Ter Nov 15, 2016 11:05 pm por Narração

» Ficha Parte V: Talentos e Técnicas!
Qua Nov 09, 2016 8:28 pm por Narração

» Ficha Parte IV: Qualidades e Defeitos!
Qua Nov 09, 2016 8:15 pm por Narração

Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário


Ficha Parte VI: Cosmos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha Parte VI: Cosmos

Mensagem por Narração em Ter Nov 15, 2016 11:05 pm

Cosmo 1: Sexto sentido. Você é sensitivo e capaz de ter pressentimentos sobre eventos além da sua realidade imediata. Pode ter o potencial para dons paranormais.

Cosmo 2: Você tem vislumbres do cosmo e algum contato com essa energia profunda e misteriosa. Pode empregá-la para aumentar suas proezas físicas e poder de destruição. Este costuma ser o nível de Cavaleiros de Bronze iniciantes ou simplórios, ou até de alguns aspirantes a cavaleiro que conseguiram se desenvolver até esse ponto.

Cosmo 3: Seu emprego do cosmo possui alguma segurança. Seus golpes são capazes de romper a barreira do som e serem projetados à distância. Você pode perceber a impressão de cargas emocionais fortes presentes em cosmos manifestos.

Cosmo 4: Com este nível de poder você é capaz de realizar pequenos milagres, como talvez abrir o mar ou reverter o fluxo de uma cachoeira. Os Cavaleiros de Prata costumam estar nesse nível.

Cosmo 5: Neste nível sua compreensão cresceu a tal ponto que é fácil para você se harmonizar com a natureza, percebendo a energia do cosmos em todas as coisas. Inclusive, o próprio ar ao seu redor parece mudar, com sua cosmo-energia impondo sua personalidade e seu humor juntamente com sua presença. Coisas estranhas costumam acontecer quando este cavaleiro está por perto. Da mesma forma, também é possível pressentir sinais sutis da natureza. Seus golpes podem ultrapassar a velocidade do som.

Cosmo 6: Vislumbres do sétimo sentido. Seus golpes ultrapassam em muito a velocidade do som. Este cavaleiro está próximo do entendimento prático de uma energia mais pura e abrangente. É possível empregar seu cosmo em técnicas mais refinadas e potentes, bem como fazer pequenas ilusões.

Cosmo 7: O Sétimo Sentido. Uma profunda e poderosa conexão e compreensão do cosmo. Seu ser desenvolveu sintonia com a energia primordial do universo. O que antes era algo que você entrava em contato, agora faz parte da sua essência numa comunhão que não pode ser desfeita. Suas proezas são tidas como verdadeiros milagres, mas este estado de existência tem um custo. Apesar de poder contemplar a maravilha do universo, percebe que as outras pessoas não conseguem nem ao menos se aproximar de sentir o que você sente e de entender o que você entende. Podendo trazer um sentimento de deslocamento e inadequação para o detentor desse cosmo. Ele agora é uma criatura das lendas.
Esta energia potencialmente infinita também pode ser perigosa para o corpo humano sem a proteção de uma armadura sagrada. O cavaleiro pode atingir a velocidade da luz e superar as limitações de outros sentidos os emulando, direcionando seu cosmo para fazer isso, é claro.

Cosmo 8: Paradoxalmente contrariando a ideia de plenitude do nível anterior, a abrangência desse cosmo permite elevar os sentidos para acessar outros planos de existência, dos quais muitas vezes não se entende absolutamente nada. Apesar da capacidade de entrar em contato com esses planos exóticos e misteriosos, pode ser difícil interagir livremente e há sempre o risco de se perder pra sempre.

Cosmo 9: Os Cavaleiros de Atena tem nas estrelas uma referência simbólica para a fonte de seu poder. O incrivelmente amplo e vasto universo com todas as suas constelações e galáxias originou-se da explosão de um ponto de energia condensada. Sendo o cosmo uma energia presente na criação do Universo, seu próprio cosmo tem o potencial para desencadear um Big Bang!

Cosmo 10: Um nível mais além e profundo do que o Sétimo Sentido. O Arayashiki, também conhecido como Oitavo Sentido, é um marco transcendental. O cosmo finalmente ultrapassou a realidade física e psíquica para compreender e sintonizar com o self espiritual em sua plenitude. Pode-se dizer que o cavaleiro que atingiu esse nível venceu a morte. Ele não está mais sujeito à perda de consciência induzida por certos planos do além-vida e mesmo desencarnado é capaz de manter sua identidade e autonomia.

Elevação de Cosmo
É possível elevar o cosmo durante o combate. A partir do terceiro turno de combate o jogador pode rolar 1d20 com dificuldade 20 menos os redutores que possuir, estes vindos do bônus de sua Convicção ou de um Antecedente de forma cumulativa. Caso o jogador consiga sucesso, no turno seguinte será com os bônus do começo novamente.
 
Exemplo: O jogador possui Cosmo 2 e quer elevar seu Cosmo, no terceiro turno de combate ele rolará 1d20 a dificuldade 19 devido a sua convicção, dessa vez ele não consegue e no turno seguinte, com dificuldade 18 já que dessa vez tem 2 pontos de redutor, ele consegue sucesso e atinge Cosmo 3, no próximo turno a dificuldade volta a 19 e se ele passar ele vai a Cosmo 4.
 
Convicções:
Todo jogador deve escolher uma convicção que dará o rumo interpretativo ao seu personagem e diz muito de sua personalidade e o modo como conseguiu despertar a capacidade do Cosmo. Interpretar de forma diferente de suas convicções pode causar ao cavaleiro dúvida sobre real motivação como cavaleiro de Atena, por isso é muito importante manter-se focado ou mesmo isolado se necessário.
 
Senso de Justiça: Você não admite injustiças e ações injustas por onde passa. Quando algo lhe parece estranho você investiga e tenta descobrir se algo está errado. Você não suporta a ideia de ser conivente ou mesmo cúmplice de uma ação injusta com quem quer que seja.
 
Vingança: Você cresceu amargando dor e sofrimento. Sua infância foi simplesmente tomada de você e a única coisa que restou foi assumir responsabilidade e deveres. Hoje você desconta nos inimigos todo o sofrimento que você um dia sofreu e busca se vingar de pessoas assim sempre que possível.
 
Desapego Emocional: Desde cedo você agraciado com a arte e disciplina da meditação ou outro meio de manipular sua mente e seu espírito para desenvolver essa frieza. Muitos o chamam de imprudente, duro, frio, seco, estúpido. Mas a verdade é que você não tem medos e isso lhe impede de fazer planejamento ou de levar em consideração a empatia ou os medos alheios. A única coisa que realmente o faz perder tempo com um problema é quando você acredita ser algo complexo, então você leva tempo não para planejar, mas sim para entender a fundo o problema e prover uma solução prática para tal.
 
Conectar-se a natureza: Seja pelo treinamento ou pela dureza com que sofreu a infância, você se familiarizou muito mais com a natureza do que com o convívio com as pessoas, você é um selvagem incorrigível. Por mais que viva no conforto, pra você isso é simplesmente sem sentido já que você pode caçar sua comida e viver tranquilamente em meio a floresta.
 
Poder: Você é um dos poucos que enxerga a verdade, você tem o poder que tem por ser dotado de tal capacidade e por apreciar a beleza autêntica e única do poder. Nada mais importou desde que você conseguiu poder a não ser demonstrar que tem de fato muito poder. Você precisa visualizar-se com mais poder para então alcançar este poder de forma permanente! Você é o que você almeja e você almeja nada mais e nada menos que o topo! A linha entre o certo e o errado é se você possui poder para fazer o que quiser sem ser pego ou se garantir diante de alguém que ache errado. Ou seja, os bons modos ou o que quer que seja é apenas meios de boa conduta, afinal de contas o mais fraco deve se sujeitar a vontade dos mais fortes.
 
Sadismo: Você treinou sob a orientação de alguém muito cruel que o sujeitou a muitas humilhações e loucuras em busca de desenvolve-lo. Ou você treinou de forma praticamente insana por enxergar que apenas assim você conseguiria evoluir suas capacidades. Independente disso, você felizmente sobreviveu a tamanhas loucuras e hoje você acredita que se alguém quiser ser realmente forte precisa sujeitar-se a muitas humilhações e sofrimentos nos treinamentos para alcançar seus objetivos. Hoje você sente um imenso prazer em provocar e humilhar os outros para mostrar a eles o quanto você é forte e que eles devem fazer igual você fez.
avatar
Narração
Admin
Admin

Mensagens : 23
Data de inscrição : 04/11/2016
Idade : 29

http://www.santuariodozodiaco.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum